Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Transformando paredes em portas

 

A Nelinha, do ‘Só mais um bocadinho’, lançou-nos um desafio: olharmos para a imagem de uma parede e escrevermos o que pensamos sobre o tema ‘transformando paredes em portas’.
 
Só a ideia, já de si, é bonita. Gosto de imaginar que as paredes podem realmente transformar-se em portas abertas de par em par... basta querermos.
 
Por vezes, abrimos a nossa porta à parede que temos em frente e fica tudo na mesma. Nem uma janelinha se abre do outro lado. O que fazer? Como reagir? Bom, tudo depende da nossa vontade. Se a parede do outro lado nos for muito especial, podemos deixar a casa a arejar, de portas abertas, e ir espreitando para ver se do outro lado o muro cai. Se não cair, acabamos por ter de fechar a nossa porta quando chega a noite e podemos não estar em casa no dia seguinte para a manter aberta.
 
Mas há sempre solução. Podemos pendurar na nossa porta uma mensagem a dizer ‘Isto é uma porta. Podes entrar’. Sim, porque do outro lado, com a espessura da parede, podem achar que deste lado o muro também se mantém. Às vezes não temos a vista limpa e observamos com uma certa miopia um canto do mundo que nos magoa. Sim, magoa, porque ninguém gosta de ter paredes à sua frente.
 
Se, pelo contrário, fizermos um furinho na nossa parede e ao espreitarmos virmos que do outro lado desenharam uma porta... por que não dar uma oportunidade? A vida sabe melhor quando estamos bem com o mundo inteiro, sem cantinhos escuros, cheios de paredes que não queremos escancarar.
 
Acho que já parti as minhas paredes todas. Mas se algum dia virem uma deste lado, fiquem à vontade para agarrarem num lápis, desenharem uma porta, entrarem e abanarem-me até eu perceber que uma casa com portas é uma casa com luz. E a luz, amigas queridas, é vida.
 
Obrigada por me teres feito reflectir sobre paredes e portas, Nela querida.
 
Um beijo enorme para todas as amigas do peito e do coração.
publicado por carla às 00:26
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Nela a 16 de Junho de 2008 às 14:14
Oh Carlinha, que texto espectacular. "Isto é uma porta. Podes entrar" - magistral!

Vou começar a usar e abusar desta ideia, se bem que, às vezes, também a tenha que aplicar a mim (muitas vezes...).

Este desafio, que começou de uma parvoeira qualquer que me passou pela cabeça, acabou por ser muito giro.
De Anónimo a 17 de Junho de 2008 às 19:07
Bendita hora que vos conheci , sois duas grandes e lindas mulheres... sim... lindas por dentro e por fora e mais uma vez eu digo, atrás
do mau vem sempre o lado bom.
Aqui o lado bom foi ter-vos conhecido a todas digo isto do fundo do meu coração.
Que Deus vos ajude a abrir depressa essa porta para um mundo de alegria e muita saúde e que possam gritar bem alto!!!! ESTAMOS LIVRES !!!!!!!!!!!!!!!!!MARILU.BJS
De Isa a 17 de Junho de 2008 às 23:13
olá Carla, um beijinho grande para ti
De Anónimo a 18 de Junho de 2008 às 10:34
Estou completamente desarmada com este teu texto... caraças!

Já li nem sei quantas vezes.
Rapariga, tu és um concentrado de qualidades, sabes de tudo, choça.

Este texto está "SOBERBE"!!!!!

Jinhos
CJ
De (M)Ana a 1 de Julho de 2008 às 18:49
Para quem não sabia, esta menina escreve mesmo soberbamente =) Manita linda, adorei o teu texto sobre portas e paredes.
Por vezes a vida coloca-nos paredes à nossa frente que parecem intransponíveis. Algumas são, outras não, mas o que conta é tentar transpô-las. Se não for através de uma porta bem feitinha, que seja com uma picareta ou saltando o muro usando um escadote. O que interessa é transpôr ou, pelo menos, tentar transpôr. Mas não são os muros que a vida nos dá que me preocupam. Os que me preocupam são os muros que nós próprios criamos. Esses são apenas transponíveis com a ajuda dos amigos mas também, e muito particularmente, com a nossa força interior de destruí-los com a nossa vontade de luz a sobrepôr-se à nossa queda no escuro.
Vocês, minhas queridas, fazem-me querer transpôr todos os muros e desenhar portas e janelas para poder ver a luz.
Um beijo enorme para todas e para quem está em tratamentos, que corra tudo pelo melhor! Como diz a Manuela, só falta um bocadinho.

Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. Para a Teresa, para todos...

. Nicha

. Energias positivas

. Parabéns, Ruizinho!

. TVI domingo à noite

. Junho

. Ser feliz é ter asas e sa...

. Saudade

. Assim vai a vida

. Parabéns, Tilinha!

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

.Gigi

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds