Sábado, 27 de Dezembro de 2008

Boas festas

 

E que 2009 seja aquele ano!

 

Um grande beijinho*

publicado por carla às 01:25
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Cinda a 27 de Dezembro de 2008 às 11:15
Essa parede eu já conheço!!! Só mesmo essa cabecinha e esse teu bem estar interior, podia fazer uma àrvore de natal tão diferente.
Continuação de boas festas, um Novo Ano cheiooooooooo de coisas boasssssss.
Beijocas minhas e da Margarida
De Gatapininha a 27 de Dezembro de 2008 às 12:28
Olá Carla
Que ideia original!
jokas e um bom ano
Sandra
De Nela a 27 de Dezembro de 2008 às 14:31
Que árvore magnífica! Boas festas para ti também, querida e que 2009 seja o ano dos sonhos.

Jinhos
De crisj. a 27 de Dezembro de 2008 às 16:01
Estou embasbacada Carlinha... que árvore de Natal tão orignal... e bonita... e tão ao teu estilo...

O máximo! Só mesmo de uma cabecita de artista saía uma coisa destas.

Jokas e Boas Festas para ti também
De carla a 27 de Dezembro de 2008 às 20:48
Obrigada, amigas queridas! O meu dia de Natal foi passado de volta da árvore. O João encontrou uma assim feita por uma autora que não me lembra o nome e decidi 'angariá-lo' para me ajudar a fazer uma :) Está lá o pai natal da nossa Aidinha e os anjinhos da Lina. As velas não ficavam bem enquadradas, mas já as tenho todas num outro cantinho :) Um beijo muito grande e continuação de boas festas*
De IsaLenca a 27 de Dezembro de 2008 às 23:26
Isso e que é ser original!
Votos de excelente Ano de 2009.
Njs
De Silvia a 29 de Dezembro de 2008 às 12:34
Que linda árvore de Natal manocas!!!
Votos de um ano de 2009 com muito sucesso, a todos os níveis, para todas vós lutadoras :))
De João a 29 de Dezembro de 2008 às 18:53
Continuação de Boas Festas e um 2009 muito Feliz:) Beijinhos e abraços
De Carmen ( de Bizet ) a 30 de Dezembro de 2008 às 22:02
Que o teu sorriso bonito, se mantenha por 2009.
Carmen.
De @home a 30 de Dezembro de 2008 às 22:54
Desejo-te um excelente 2009 recheado de coisas boas, principalmente muita saude. O resto virá por acrescimo.

Um xi grande
De lina a 5 de Janeiro de 2009 às 00:22
Que maravilha de arvore tem lá uns anjinhos que não me são estranhos hummmm...
Beijos

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras vemos apenas entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo.

Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o
amigo mãe. Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas,
a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar os nossos caminhos. Muitos desses denominamos
amigos do peito, do coração.
São sinceros, verdadeiros; sabem quando não
estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

As vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado. Este dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios,
pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Estes costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem
novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdem algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais feliz é
que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos
enquanto cruzavam o nosso caminho.

Desejo a todos vocês, folhas da minha árvore,
Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Hoje e Sempre...
Simplesmente porque:
Cada pessoa que passa em nossa
vida é única. Sempre deixa um pouco de si
e leva um pouco de nós.

Há os que levaram muito,
mas não há os que não deixaram nada.
Esta é a maior responsabilidade de nossa vida

E é a prova quase evidente de que
duas almas não se encontram por acaso."

Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. Para a Teresa, para todos...

. Nicha

. Energias positivas

. Parabéns, Ruizinho!

. TVI domingo à noite

. Junho

. Ser feliz é ter asas e sa...

. Saudade

. Assim vai a vida

. Parabéns, Tilinha!

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

.Gigi

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds