Segunda-feira, 4 de Setembro de 2006

...

Quarta e quinta-feira,
26 e 27 de Julho de 2006
 
‘Tenho dias cinzentos, como a filha de uma manhã emboscada nas nuvens. Tenho dias de sal grosso no peito, sobre uma cicatriz de espuma e raiva. Tenho dias de tristeza absoluta em que vejo as horas que se precipitam, entalando-me numa noite que não me traz sono. Tenho momentos em que podem vir orquídeas, mimosas ou crisântemos, mas nada me agarra aos sonhos e à água. Tanta coisa para dizer que hoje estou murcha e que quero estar só, sem que o esteja’.
 
Começaram as dores. Chegaram devagarinho mas não foram mansas. Mesmo deitada, sossegadinha à espera que passassem, senti-as verdadeiramente na pele. Tive muitos puxões na zona pélvica, especialmente na cicatriz que ficou da operação. Quis pensar que eram células más a morrer. Temos que arranjar as nossas próprias historiazinhas para nos animarmos. O que me custou mais foi a dor nos tornozelos. Doíam-me as articulações todas, parecia que andava dentro de mim uma festa para a qual não convidei quem quer que fosse. Tenho que me habituar a estes intrusos de 3 em 3 semanas. São apenas 10 tratamentos, se tudo correr bem.
publicado por carla às 01:56
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.posts recentes

. Para a Teresa, para todos...

. Nicha

. Energias positivas

. Parabéns, Ruizinho!

. TVI domingo à noite

. Junho

. Ser feliz é ter asas e sa...

. Saudade

. Assim vai a vida

. Parabéns, Tilinha!

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

.Gigi

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds