Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

Saudade

 

A saudade é como uma raiz. Cresce no coração, no colo, no pensamento. Depois invade-nos a noite e ganha vida nas pálpebras. Não desiste de nós. Às vezes cheira a rosmaninho, a pão fresco ou a boca fechada. Chega sorrateira, sempre a transbordar nos olhos, a misturar-se com a nossa água, com o nosso sal, a criar o nosso mar. Um beijo enorme deste mar ao teu, querida Cláudia.

publicado por carla às 23:50
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Silvia a 14 de Maio de 2009 às 11:06
* Como a poesia pode ser tão explicita :)
De Lina a 16 de Maio de 2009 às 15:00
Tb tenho saudades tuas...
Beijinhos e bom fim de semana :))

Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. Para a Teresa, para todos...

. Nicha

. Energias positivas

. Parabéns, Ruizinho!

. TVI domingo à noite

. Junho

. Ser feliz é ter asas e sa...

. Saudade

. Assim vai a vida

. Parabéns, Tilinha!

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

.Gigi

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds